Blog Bem Panvel

Glifage 500mg: bula, para que serve, como tomar e mais

Glifage é um medicamento conhecido por ser antidiabético, mais precisamente para a diabetes tipo 2, ou, para combinação com outros antidiabéticos via oral.

Ele é usado para tratamento da diabetes 1 em complemento da insulinoterapia.

O remédio também é indicado para o tratamento da Síndrome dos Ovários Policísticos, onde acontecem ciclos menstruais irregulares, obesidade e excesso de pelos.

Como ele funciona?

O medicamento possui merformina em sua composição, substância usada para tratamento da diabetes.

O hormônio insulina é produzido pelo pâncreas, permitindo assim que o organismo absorva a glicose do sangue, produzindo energia ou armazenando-a para uso posterior.

As pessoas que possuem diabetes têm deficiência na produção de insulina, ou seja, o organismo não utiliza da maneira esperada essa substância, assim, há um grande aumento de glicose.

O Glifage atua baixando esse nível no sangue.

Qual a composição de Glifage?

O comprimido de 500mg de Glifage contém:

  • 500mg de cloridrato de metformina.

Além dos excipientes, que são compostos por:

  • Hipromelosa;
  • Povidona;
  • Estearato de magnésio

Quais são as contraindicações?

O medicamento é contraindicado para:

  • Pessoas que têm hipersensibilidade a qualquer componente da fórmula;
  • Pessoas com problemas no fígado ou rins;
  • Pessoas com qualquer tipo de acidose metabólica;
  • Pessoas desidratadas ou com infecções graves;
  • Pacientes em tratamento para problemas cardíacos;
  • Pessoas que fazem a ingestão de bebidas alcoólicas em excesso;
  • Pessoas que estiverem prontas para fazer uma cirurgia de grande porte ou exames que usem contraste com iodo.

Como usar Glifage corretamente?

O medicamento deve ser consumido antes ou depois das refeições acompanhado de líquidos. 

Geralmente o tratamento inicia-se com doses menores, que podem ser aumentadas gradualmente.

Para conferir a melhor forma de ingestão para cada caso, clique aqui e leia a bula completa.

O que fazer se esquecer de tomar Glifage?

Caso tenha esquecido de tomar o remédio, faça o assim que possível. 

Nunca tome quantidades dobradas do medicamento.

Cuidados necessários ao tomar Glifage

Alguns cuidados são necessários com o uso de Glifage, como:

  • Riscos de ácidose láctica;
  • Interações medicamentosas - converse com seu médico sobre quais são os remédios consumidos;
  • Mulheres grávidas ou lactantes devem conversar com o médico sobre o tratamento.

Reações adversas

Alguns dos efeitos colaterais mais comuns de Glifage são:

  • Náusea, 
  • Perda de apetite, 
  • Vômito, 
  • Dor na barriga, 
  • Diarreia.

Superdosagem

No caso de superdosagem, é indicado que o paciente vá o mais rápido possível até o pronto atendimento.

Interações medicamentosas

É indicado cuidado nos seguintes casos:

  • No uso de anti-inflamatórios não esteroides;
  • Pessoas que passaram por exame radiológico utilizando meio de contraste com iodo.

Quanto custa Glifage?

Você encontra o Glifage à venda na Panvel Farmácias. Confira:

Perguntas frequentes sobre esse medicamento

Qual a diferença entre Glifage e Metformina?

Os dois medicamentos são a mesma coisa, a única diferença é que Metformina é a versão genérica de Glifage.

Bula de Glifage

Confira a bula de Glifage.

Fontes

As informações deste artigo foram tiradas da bula de Glifage, produzido pela Merck, e do site oficial do medicamento.

Perguntas Frequentes sobre esse medicamento

menu

Pin It on Pinterest