Saúde ocular: período de pandemia exige mais atenção aos seus olhos

por | 12 jul, 2021

6 min. de leitura

A sua saúde ocular também foi afetada nos últimos meses? Entre os mais diversos cuidados de proteção que incorporamos durante a pandemia, os olhos, muitas vezes, foram negligenciados. Afinal, quem conseguiu dosar o tempo em frente aos dispositivos eletrônicos no último ano? Eles foram um recurso para trabalhar, estudar e conversar com amigos e familiares nas épocas de maior isolamento. E são justamente elas – as telas do computador e, especialmente, a do celular – uma grande ameaça à nossa visão.

Isso porque, ao olhar para os aparelhos eletrônicos por um período prolongado, acionamos músculos dentro dos olhos que fazem um esforço para conseguir ler de perto. “Quando vemos a TV ou usamos computador, há uma distância maior entre a tela e os olhos. Mas o celular, seguramos muito próximo ao rosto, absorvendo mais radiação e acionando com maior intensidade esses músculos. Todas as pesquisas apontam que o excesso de aparelhos eletrônicos provoca essa contração permanente dos músculos,  aumentando a chance de desenvolver miopia, especialmente em pessoas até os 20 anos”, detalha a oftalmologista Marindia Graciolli.

A doutora explica que, além do excesso no uso de dispositivos eletrônicos, que afetam a saúde dos olhos de forma direta, outros fatores vivenciados nos últimos meses também influenciam na piora da saúde ocular. “Acabamos mais estressados. E isso nos leva a uma piora visual e até à alteração de alimentação que pode desencadear aumento de peso, facilitando o desenvolvimento de doenças sistêmicas que acarretam alterações oftalmológicas”, afirma Marindia.

Além disso, o uso da máscara também pode gerar alterações oculares. Se você utiliza a proteção durante muitas horas, é preciso ter cuidados adicionais. “A máscara tende a deixar a pele mais oleosa, o que influencia na oleosidade da pálpebra, especialmente na pálpebra inferior. Isso aumenta a chance de ter proliferações bacterianas na região que causam infecções oculares como o terçol, cuja incidência aumentou muito nos últimos meses”, diz a oftalmo. Mas nada disso é motivo para deixar a máscara de lado, ok? Ela continua importante para nossa proteção.

Saúde ocular mulher olhando celular

Quais sintomas devo prestar atenção?

  • Dor de cabeça ao permanecer em frente a telas
  • “Cansaço de vista”
  • Sensibilidade à luz
  • Vermelhidão, irritação ou ressecamento nos olhos
  • Piora na visão e visão turva

Se você tem pelo menos algum dos sintomas descritos acima, é o momento de procurar um médico oftalmologista. Na verdade, essa consulta é recomendada anualmente, ainda que sua visão esteja boa. Isso porque, durante a avaliação são realizados exames para diagnóstico de doenças assintomáticas. São disfunções silenciosas como o glaucoma e doenças de retina, que, se detectadas precocemente, podem ser tratadas e não gerar maiores complicações. A doutora Marindia também explica que o exame de fundo de olho, por exemplo, é um recurso importante para investigar doenças sistêmicas como diabetes, pressão alta e até complicações reumatológicas.

“Além dessas consultas de rotina, se você começar a ter piora na visão ou na estética ocular, também é importante fazer a avaliação. Um simples olho vermelho pode ser o sintoma de doenças mais graves, como uma uveíte ou um glaucoma agudo”, explica.

Crianças abaixo de 12 anos, adultos com mais de 60 anos, assim como pessoas com doenças degenerativas e pessoas que usam lentes de contato devem diminuir o intervalo dessas visitas. É o seu caso ou de algum familiar? Converse com um oftalmo para criar uma rotina de avaliações mais frequentes.

Cuidados permanentes com a visão

Enquanto aguarda pela consulta, aproveite para adotar em casa alguns cuidados que fazem a diferença para a saúde ocular. A começar pelo manuseio de objetos e substâncias que podem machucar os olhos. “Nos últimos meses, percebemos o aumento de traumas por acidentes domésticos. Como as pessoas estão muito dentro de casa, foi comum decidirem fazer várias tarefas manuais, como pinturas, e deixar que a tinta atingisse a região”, afirma Marindia. Além desse cuidado ao desenvolver tarefas que ainda não domina completamente, é importante:

  • Evitar a automedicação: nunca use medicamentos sem avaliação do oftalmo.
  • Higienizar a região dos olhos: se você usa maquiagem, retire-a com produto próprio antes de dormir. Mesmo quem não usa maquiagem pode usar o produto próprio recomendado pelo oftalmologista para higienizar os cílios diariamente, diminuindo assim a exposição a doenças infecciosas oculares.
  • Fazer pausas ao usar o computador: o ideal é fazer um intervalo de 15 minutos a cada hora em frente à tela,
  • Estabelecer horários longe do celular: a radiação emitida pela tela é prejudicial e seus olhos precisam de descanso.
  • Fazer atividades ao ar livre: isso é mais importante para a saúde ocular do que você imagina! Especialmente porque olhar em uma perspectiva de pelo menos seis metros ajuda a “descansar os olhos”, como vamos explicar a seguir.

Lente de filtro azul: quem pode usar?

Em alta nas óticas, a lente de filtro azul tem se mostrado uma alternativa recomendada por oftalmologistas para quem, por trabalho ou estudos, precisa passar muito tempo  em frente à tela do computador.

A doutora Marindia explica que este tipo de lente ajuda a proteger e diminuir a incidência de doenças, especialmente a do fundo do olho, da retina. “A lente de filtro azul é interessante para quem já usa óculos. Porém, para quem não usa óculos, não há benefício de fazer óculos especialmente por causa dessa proteção. Mais importante do que o uso do filtro azul é o descanso ocular“, explica a oftalmologista.

Por isso, a dica da oftalmo é: ao permanecer em frente ao computador, tente fazer um intervalo de 15 minutos a cada hora trabalhada, como já ensinamos por aqui. Ao fazer esse descanso, olhe numa distância maior do que seis metros. “Assim, haverá o relaxamento desse músculo que faz a acomodação do olho”, instrui Marindia.

Se esses cuidados parecem longe da sua realidade, tente começar aos poucos. E lembre-se que as atividades ao ar livre são importantes não só para a sua saúde ocular, mas também para a saúde como um todo. Ao tomar cuidados de prevenção, você evita o desenvolvimento de sintomas e até de doenças que podem afetar sua visão.

2 Comentários

  1. Raquele

    Muito bom! eu percebo que fico com a vista cansada quando fico muito tempo no celular ou no computador…

    Responder
    • Equipe Panvel

      Olá, Raquele.

      Ficamos felizes que gostou do nosso conteúdo. É muito importante cuidarmos da nossa saúde ocular.

      Compartilhe esse conteúdo com amigos e familiares, assim mais pessoas ficam informadas 😉

      Até mais.

      Panvel, bem você!

      Responder

Trackbacks/Pingbacks

  1. Luz azul faz mal? Veja como usar telas sem prejudicar a saúde ocular - Blog Bem Panvel - […] vez disso, recomendamos alguns hábitos e práticas que podem ajudar na qualidade da sua saúde ocular e que reduzem…
  2. Conheça os benefícios do colágeno e seus diferentes tipos - Blog Bem Panvel - […] Tipo II: presente nas articulações, nas cartilagens do organismo e nos olhos. […]

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pin It on Pinterest