Blog Bem Panvel

Repelentes de insetos: como eles afastam os mosquitos?

Por 
 | 
22/12/2021
4 min. de leitura

Os repelentes de insetos são grandes aliados para quem não aguenta ser importunado pelos incomodativos mosquitos, que dão as caras principalmente no verão.

Segundo a bióloga Sirlei Antunes Morais, doutora em Saúde Pública pela USP, altas temperaturas e chuvas intercaladas, fatores comuns nessa época do ano, aceleram o ciclo biológico e provocam um "boom" na população dos pernilongos.

Morais se refere ao Culex quinquefasciatus, espécie de mosquito mais comum nas cidades, que é seu objeto de estudo.

Mas o verão também traz as condições ideais para a proliferação de outras espécies, como o famoso Aedes aegypti, mosquito responsável pela transmissão da dengue, zika e chikungunya.

Enquanto as autoridades de saúde pública buscam maneiras para diminuir a população desses insetos, temos que fazer o possível para mantê-los longe, e é para isso que servem os repelentes.

O que são e como funcionam os repelentes?

Repelentes são produtos de uso tópico que contêm substâncias que repelem, isto é, afastam os insetos. Eles não eliminam os bichos indesejados, apenas os impedem de se aproximarem da nossa pele e, no caso dos mosquitos, de nos picarem.

Os repelentes mais comuns usam uma substância chamada DEET, patenteada pelas Forças Armadas dos Estados Unidos.

Ela atua nos receptores (antenas) dos mosquitos, atrapalhando o seu pleno funcionamento e impedindo que o inseto reconheça os cheiros que os atraem e os guiam para o ataque.

Outras substâncias usadas em repelentes são o IR3535 e a icaridina. Esta última é um princípio ativo derivado da pimenta, com ação repelente extremamente potente e alta duração.

Qual o melhor repelente?

Todos os repelentes que você encontra nas farmácias vão proporcionar uma boa proteção contra os insetos.

A icaridina é considerada a substância repelente mais eficaz, no entanto é mais fácil — e econômico — encontrar repelentes à base de DEET (N,N-Diethyl-3-methylbenzamide) e IR3535 (etilbutilacetilaminopropionato).

Repelentes naturais funcionam?

Há também substâncias naturais com ação repelente, entre as quais as mais conhecidas são o óleo de citronela e óleo de eucalipto-limão.

Esses óleos naturais de fato repelem os mosquitos quando aplicados na pele. Contudo, são alternativas com eficácia menor que os repelentes comerciais, segundo a dermatologista Selma Helène, do Hospital Albert Einstein.

Ela afirma que os níveis de evidência são variáveis e há poucos estudos sobre segurança em relação à faixa etária. "Eles são altamente voláteis e seu efeito costuma ser de curta duração", afirma.

Repelentes Out!

Na Panvel, você encontra vários produtos da marca Out!, uma linha de repelentes que atende todas as idades.

Todos os produtos são testados dermatologicamente e passaram por rigorosos testes de eficácia antes da comercialização. Confira as opções:

  • Repelente de insetos Out! – loção Baby: desenvolvida com a substância IR3535, tem uma fórmula de rápida absorção, que pode ser aplicada em crianças acima de 6 meses. A proteção dura 4 horas.
  • Repelente de insetos Out! – spray: à base de DEET, este repelente protege contra vários tipos de mosquito e possui aloe vera em sua composição. Sua proteção dura 2 horas.
  • Repelente de insetos Out! – loção: é uma loção com fórmula exclusiva, não oleosa e de rápida absorção. Pode ser aplicada em pessoas acima de 2 anos de idade e protege por 2 horas.
  • Repelente de insetos Out! – aerosol: produto fácil de passar, com rápida absorção, secagem rápida e não oleoso. Dura até 7 horas e só é recomendado para pessoas com mais de 12 anos.

Gel pós-picada

Não teve tempo de passar o repelente e acabou sofrendo uma picada de mosquito? A Out! também tem um produto especial para isso.

O gel pós picada foi desenvolvido para auxiliar no alívio e na diminuição da irritação no local onde o inseto atacou. O gel reduz a coceira e o desconforto na região afetada, além de refrescar e hidratar.

Experimente o Gel Pós-Picada Out!

Repelentes elétricos

Além dos repelentes químicos e dos óleos naturais, que são aplicados na pele para afastar os mosquitos, há os aparelhos repelentes elétricos.

Os mais comuns são aqueles que têm uma pequena resistência. Essa resistência produz calor e esquenta um líquido com um tipo de substância química que evapora e se espalha pelo ambiente.

A substância age no sistema nervoso do mosquito, que fica confuso ou paralisado e deixa de atacar a sua pele.

Você encontra esses aparelhos, assim como os repelentes em forma de loção ou spray para uso na pele, no site da Panvel. Confira e proteja-se!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

menu

Pin It on Pinterest