Blog Bem Panvel

Conheça o Projeto Camaleão, criado para fortalecer a autoestima e a autonomia de pessoas com câncer

Por 
 | 
08/04/2022
3 min. de leitura

Imagem: reprodução/Projeto Camaleão

De uma brincadeira divertida para mudar o visual, surgiu uma das iniciativas mais inspiradoras em busca do bem-estar de pacientes com câncer em Porto Alegre. A primeira edição do Projeto Camaleão: Autoestima contra o Câncer foi realizada como uma ação independente, em 2014. No encontro, pacientes e participantes em geral eram convidados a brincar com o visual e trocar experiências.

A pequena ação gerou um grande resultado. "Fomos recebendo o retorno das pessoas, pacientes e familiares, e vimos o impacto que esta pequena intervenção tinha no tratamento do câncer. Resolvemos ir mais longe, e em 2016 nos tornamos oficialmente uma organização da sociedade civil", relembra a presidente do Projeto Camaleão, Flávia Maoli.

Era o início de uma associação que se consolidou na assistência a pessoas com câncer, incluindo seus familiares e cuidadores, com a missão de promover o acolhimento, a assistência e a reinserção social das pessoas por meio do fortalecimento de sua autoestima e autonomia. Seja oferecendo atividades diretamente aos pacientes, seja apoiando seus familiares e cuidadores, o Projeto Camaleão acolhe e oferece uma nova perspectiva para quem está vivenciando o tratamento contra o câncer. Em 2021, 896 pessoas foram beneficiadas - os atendimentos são realizados para pessoas com qualquer tipo de câncer, condição socioeconômica ou fase do tratamento.

Entre as ações desenvolvidas estão:

  • Kit com Carinho: disponibilizado para quem vai realizar a cirurgia devido ao câncer de mama, com diversos itens de apoio para a recuperação.
  • Programa Adapta: reabilitação e inclusão, tem o objetivo de apoiar pessoas que sofreram mutilação facial devido ao câncer. É oferecida a reabilitação multidisciplinar gratuita, além de próteses àqueles que não têm condições de custeá-las.

"Também trabalhamos políticas públicas e advocacy, além de campanhas de conscientização sobre diversos tipos de câncer. A maior campanha que realizamos é o Abril Branco: o câncer em todas as cores, que tem como objetivo unir pacientes, familiares, cuidadores, equipes de saúde e a sociedade contra nosso inimigo em comum: o câncer", comenta a presidente do projeto.

Desde 2018, o Projeto Camaleão conta com uma sede, localizada na Rua Giordano Bruno, número 82, em Porto Alegre. O local oferece grupos terapêuticos, yoga, meditação, consultoria de imagem, aulas de artesanato e orientação nutricional, entre outras atividades gratuitas. Devido à pandemia, os atendimentos estão sendo realizados de forma online - acompanhe o site e as redes sociais do projeto para ser avisado sobre o retorno das ações presenciais.

"Ao longo dos anos, o crescimento do projeto se deu muito em função das solicitações dos pacientes, que buscavam apoio e acolhimento. Também crescemos muito graças ao nosso time de voluntários, que felizmente cresce a cada ano com o intuito de fazer o bem e apoiar quem enfrenta o câncer", explica Flávia, que desenvolveu muitas das ações do Camaleão baseando-se em sua própria experiência ao enfrentar o câncer por mais de uma vez: em 2011, 2013 e 2014.

Uma das maiores apoiadoras do projeto, a Panvel é também a patrocinadora do calendário Camaleoas Contra o Câncer, que visa mostrar que a mudança da realidade de pacientes é possível por meio do reforço de sua autoestima. A edição 2022 do calendário traz o tema “O tempo é a gente”. Nele, as fotografias de Raul Krebs de mulheres que já participaram de outras edições do mesmo projeto trazem uma reflexão sobre a passagem do tempo.

"A Panvel também tem sido nossa parceira há muitos anos, disponibilizando itens de beleza e autocuidado para as participantes da Feira da Autoestima, ação que realizamos desde 2014. Para nós, é muito importante poder contar com essa parceria, pois acreditamos que juntos somos mais fortes", afirma Flávia.

Como apoiar o projeto?

Se você também ficou com vontade de ajudar, saiba que existem várias formas. A principal delas é a doação:

  • Doar seu tempo (como voluntário)
  • Doar roupas e acessórios para o brechó, que é uma importante fonte de renda para manter o trabalho do projeto
  • Fazendo doações financeiras através do site ou por pix (CNPJ 25.535.215/0001-38)

Além disso, também é possível ajudar o Camaleão simplesmente divulgando o trabalho do projeto. Você conhece alguém que está em tratamento contra o câncer e gostaria de conhecer o Camaleão?  Ou alguém que possa apoiar o projeto? Compartilhe essa matéria e ajude para que as ações do Camaleão possam beneficiar ainda mais pessoas!

Compartilhe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

menu