O importante papel da fisioterapia no tratamento de condições respiratórias, incluindo a Covid-19

por | 1 jul, 2021

4 min. de leitura

Uma especialidade fundamental da área da Fisioterapia, a fisioterapia respiratória visa a prevenção e o tratamento de praticamente todas as patologias que acometem o sistema respiratório, como a asma, bronquite, insuficiência respiratória e Covid-19, promovendo a melhora e na qualidade de vida do paciente.

Os benefícios da fisioterapia respiratória são diversos. A técnica aumenta o desempenho da capacidade pulmonar e funcional do paciente, ajudando na troca gasosa, liberação de secreções do pulmão e das vias aéreas, facilita o transporte do oxigênio em todo corpo, além de contribuir para a diminuição do tempo de internações hospitalares.

O fisioterapeuta João Henrique Valcareggi explica que esse tipo de fisioterapia, que deve ser avaliada e indicada por um profissional habilitado, é recomendada para pacientes que tiveram um comprometimento ou disfunção pulmonar, seja ela por uma patologia, questão genética ou devido a algum trauma externo que afeta a capacidade da região respiratória.

Valcareggi esclarece que a realização da fisioterapia respiratória varia de acordo com a capacidade pulmonar e cardíaca de cada paciente. “A fisioterapia respiratória é feita a partir de uma avaliação completa da capacidade do indivíduo, tanto da parte cardíaca quanto da pulmonar. O fisioterapeuta tem total capacidade de traçar raciocínios clínicos e diferencial. A partir dos dados coletados do paciente, é traçado um plano de tratamento, com diferentes objetivos e condutas”.

Fisioterapia respiratória, mulher realiza exames

Fisioterapia respiratória e suas técnicas

A especialidade possui algumas atuações específicas, entre elas: fisioterapia respiratória em pediatria, fisioterapia respiratória ambulatorial, fisioterapia respiratória hospitalar e fisioterapia respiratória domiciliar. O fisioterapeuta explica que, para que não haja um comprometimento maior do problema, em cada reabilitação existem formas diferentes de tratamento, uma vez que cada indivíduo possui características físicas distintas.

Entre as diversas técnicas existentes, segundo Valcareggi, estão a desobstrução brônquica e reexpansão pulmonar, que proporcionam uma melhora no padrão ventilatório e, consequentemente, na saturação do paciente, entre outros benefícios.

“Nem todas as técnicas servem para todos os pacientes, por isso é importantíssimo a avaliação do fisioterapeuta. A fisioterapia vai além das técnicas aplicadas indiscriminadamente, pois o fisioterapeuta é capacitado para realizar raciocínio clínico e o melhor tratamento para o problema. Procure sempre um profissional da área da saúde para auxiliar em qualquer técnica”, ressalta.

Posso realizar exercícios respiratórios em casa?

De acordo com Valcareggi, é possível realizar exercícios respiratórios em casa, mas estes devem ser feitos de forma gradual para que não haja um esforço ventilatório, que pode ocasionar vertigem e mal-estar. Ele destaca que as técnicas devem ser ensinadas e, no primeiro momento, auxiliadas por um profissional da área.

Fisioterapia respiratória e Covid-19

A Covid-19, doença causada pelo vírus SARS-CoV-2, atinge os pulmões e pode deixar sequelas respiratórias em alguns indivíduos, sobretudo naqueles que desenvolveram a forma grave da doença, necessitando permanecer hospitalizados por um período prolongado ou passar pelo processo de intubação.

E, diante desse cenário pandêmico, o papel do fisioterapeuta respiratório durante o tratamento e a reabilitação respiratória dos pacientes acometidos pela doença é fundamental para a melhora do quadro clínico e plena recuperação do paciente.

Os profissionais da área atuam no fortalecimento pulmonar antes da intubação, além de auxiliar na ventilação mecânica após a intubação, com os ajustes e parâmetros adequados, bem como na mobilização de secreção e na reexpansão pulmonar de pacientes intubados. Além do mais, o fisioterapeuta realiza a extubação, isto é, a retirada do tubo do paciente, e, após esse processo, ele realiza o acompanhamento da reabilitação hospitalar e domiciliar.

“A fisioterapia está presente em todos os momentos na reabilitação pulmonar do paciente Covid-19. O objetivo é reabilitar a disfunção pulmonar e devolver a funcionalidade e autonomia de volta ao paciente na sua vida diária. Por isso, a importância da fisioterapia respiratória nesse contexto de pandemia”, destaca o fisioterapeuta.

Fonte: Infohealth

0 comentários

Trackbacks/Pingbacks

  1. Chás e infusões: conheça as diferenças e principais benefícios - Blog Bem Panvel - […] Auxiliam no tratamento de doenças pulmonares; […]

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pin It on Pinterest