Novembro azul: um mês de cuidado com a saúde do homem

por | 6 nov, 2020

4 min. de leitura

O final do ano reserva dois meses importantes para a saúde de homens e mulheres: o outubro rosa e o novembro azul. Em comum, as duas bandeiras são fundamentais e trazem uma grande responsabilidade: alertar e conscientizar sobre a importância da prevenção do câncer de mama e de próstata. Embora a cultura do cuidado com a saúde masculina não esteja tão presente nos homens, é preciso ficar muito atento. Para se ter uma ideia, só no Brasil, um homem morre a cada 38 minutos devido ao câncer de próstata, conforme apontam dados do Instituto Nacional do Câncer (Inca). 

Mas, afinal, você sabe o que é a próstata?

É uma glândula do sistema reprodutor masculino, que pesa não mais de 20 gramas e é bem parecida a uma noz. Ela fica abaixo da bexiga, portanto, em contato com o aparelho urinário. A principal missão dessa glândula, juntamente às vesículas seminais, é a nutrição e o transporte de espermatozoides. 

Importância da conscientização

Por ser uma doença de alta incidência, o Novembro Azul chega para mobilizar homens de todas as idades para os cuidados com a saúde masculina. Uma campanha que já está fazendo a diferença. “Temos observado que, ano após ano, os homens estão procurando mais ajuda, criando consciência. Antes do advento do PSA (exame de sangue da próstata), a grande maioria procurava cuidados médicos somente quando o câncer se encontrava em estágio avançado, sem perspectiva de cura”, relata Karin Jaeger Anzolch, vice-presidente da Sociedade Brasileira de Urologia Secção RS. 

Apesar do avanço no cuidado, a urologista alerta: muitos homens ainda não estão procurando ajuda médica. Por conta do isolamento social provocado pela pandemia da COVID-19, muitos desses casos podem não ser diagnosticados, sendo empurrados para os anos seguintes, com o perigo de já terem se agravado, explica Karin. 

Cuidado e pandemia

E, como manter o cuidado com a saúde masculina em meio à crise sanitária de coronavírus?Embora não tenha como se precaver totalmente contra o câncer de próstata, a boa notícia é que cuidados básicos podem ajudar. Entre as dicas da doutora Karin está  uma alimentação rica em cereais integrais, frutas, especialmente as vermelhas, como tomate, romã, melancia e goiaba brasileira, evitando o excesso de gordura e de carnes vermelhas, além de 30 minutos diários de exposição ao sol.  

Mas apenas isso não basta para a prevenção do câncer de próstata. Mesmo sem sintomas, a Sociedade Brasileira de Urologia recomenda que homens a partir dos 50 anos consultem um especialista para serem avaliados e, assim, iniciarem um acompanhamento periódico. Se houver histórico familiar ou algum sintoma, como dificuldade para urinar, sangue no esperma e disfunção erétil, é importante procurar ajuda médica o quanto antes. Os negros são mais propensos a desenvolver câncer de próstata mais cedo, por isso, o alerta deve ser redobrado. Nesses grupos de maior risco, o conselho é de que se comece o acompanhamento a partir dos 45 anos

Embora novembro seja marcado pela campanha de prevenção ao câncer de próstata, o cuidado com a saúde masculina e a orientação e consulta com um especialista são bem-vindos todos os meses do ano. Com o autocuidado permanente, é mais fácil ter uma vida longa e saudável. 

0 comentários

Trackbacks/Pingbacks

  1. Dia Mundial do Câncer - Blog Bem Panvel - […] Câncer de mama e próstata; […]

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pin It on Pinterest