Blog Bem Panvel

Flurona: quando o contágio por gripe e Covid ocorre ao mesmo tempo

Por 
 | 
10/01/2022
5 min. de leitura

Em meio ao aumento dos casos de Covid-19 no início do ano, a detecção de uma nova possibilidade de contágio, o flurona, vem causando ainda mais preocupação. O nome foi criado pela soma de flu (referência a gripe, em inglês) e rona, de "corona", ou coronavírus para indicar o contágio por ambos os vírus ao mesmo tempo. No Brasil, os dois primeiros casos da dupla infecção foram descobertos no Rio no último dia 4. 

Infecções por mais de um vírus são comuns na prática clínica. A médica Thamyres Zanirati explica que quando a pandemia começou, na China, já foram registrados casos de dupla infecção por Covid-19 e influenza. "Então, ela não é exatamente uma novidade. O que está acontecendo, a novidade, é a combinação da Covid-19 com o vírus H3N2 Darwin, que é uma mutação mais recente do vírus da gripe." 

De acordo com a médica, a taxa de pacientes que estão fazendo a infecção pelos dois vírus é de cerca de 15%. "Temos dois quadros que são bem diferentes: em pacientes vacinados e não vacinados. Isso deve ser levado em consideração. Para pacientes não vacinados, o risco de ter flurona é maior. Temos visto que em pacientes vacinados ele não causa maiores problemas além de mais sintomas. É um quadro ruim e desconfortável, mas não está mexendo em números de internações hospitalares, pois os pacientes têm feito quadros no máximo moderados. Claro que pacientes com quadros de asma, enfisema, obesos, idosos e pessoas imunodeprimidas, por exemplo, têm maior risco". 

Ainda assim, prevenir o contágio por qualquer um dos vírus, seja o coronavírus, a influenza ou ambos, é sempre a melhor alternativa. Ainda que 67,48% da população brasileira tenha recebido duas doses da vacina contra o coronavírus, a vacina da gripe teve baixa procura em 2021. "Um dos motivos pelos quais estamos tendo maior transmissão é porque não tivemos grande adesão à vacina da gripe. Em 2020, o uso de máscaras diminuiu muito a circulação da influenza. O vírus não costuma circular nessa época, mas agora estamos em período atípico de transmissão. Isso acontece porque as medidas de segurança foram relaxadas e há registros de aglomerações, além de viagens ao Hemisfério Norte, onde está ocorrendo a transmissão sazonal", afirma Thamyres. 

Por isso, a médica explica que o ideal é fazer a vacina da gripe e da Covid-19 em momentos diferentes, além de não fazer a vacina da gripe ou do coronavírus se estiver com sintomas virais: "Está com febre ou com o nariz escorrendo? Espera pelo menos 14 dias sem sintomas, para ter certeza de que o vírus não está no organismo, para que o organismo possa responder com uma boa resposta imune". 

E o que fazer em caso de sintomas gripais ou de contato com alguém que se infectou por Covid-19? A doutora Thamyres explica que, se você testar positivo para Covid, independente do status vacinal, deve fazer isolamento por 10 dias, ou seja: não sair de casa para evitar contagiar outras pessoas. Se os sintomas desaparecerem por 3 dias, voce estará liberado para sair de casa, sempre mantendo o uso de máscaras adequadas (cirúrgicas, N95, KN95 ou Aura). 

"Se você está completamente vacinado e assintomático e conviveu com alguém infectado, faça uso de máscaras adequadas durante 10 dias, e, se possível, realize um teste em torno do quinto dia após esse contato", explica a clínica-geral. A orientação para quem desenvolver sintomas é ficar em casa e seguir as medidas recomendadas de isolamento e de realização do teste para Covid-19. 

No caso de você ainda não ter se vacinado e ter contato com alguém infectado por Covid, a orientação é realizar o teste de Covid-19 no quinto dia e procurar atendimento médico no caso de sinais de alarme (falta de ar, queda da saturação, febre persistente, cansaço desproporcional, perda de mais líquido do que está conseguindo repor). O uso de máscaras adequadas deve ser mantido por 14 dias. As mesmas recomendações servem para quem foi vacinado há mais de seis meses com os imunizantes Pfizer ou Moderna ou recebeu a dose única da Janssen há mais de dois meses. 

Você conhece a diferença entre isolamento e quarentena?

"O isolamento é a orientação para pessoas que testaram positivo ou que estão sob suspeita. Recomenda-se restringir ao máximo o contato com outras pessoas. Em casos mais graves, o isolamento deve ser realizado em um estabelecimento médico. Já a quarentena é a medida indicada para as pessoas que foram expostas ao vírus, como nos casos onde houve contato com alguém que testou positivo para Covid-19. É uma medida de vigilância", diferencia a médica. 

Procure atendimentos de emergência apenas se estiver apresentando os sinais de alarme: 

  • Febre que não baixa mesmo com antitérmico por 48 horas 
  • Falta de ar ou crise de asma 
  • Cansaço intenso 
  • Perder mais líquido do que consegue repor 
  • Tosse com catarro, falta de apetite, diarreia ou mal-estar de leve a moderado por mais de sete dias 

As medidas de cuidado e prevenção para ambos os vírus seguem sendo higiene de mãos, máscara e distanciamento social. Evite ao máximo os ambientes fechados e, se for encontrar alguém, prefira ambientes ao ar livre, evitando o contato próximo.  

"O mais importante: use as máscaras adequadas, tente evitar as de tecido, e da maneira correta: que cubra nariz e boca até o queixo, sem estar grande ou pequena no rosto. Posicione a máscara corretamente em cima do  nariz e evite ficar mexendo nela para evitar levar o vírus até o seu rosto. A higiene de mãos também é fundamental  no controle da infecção do influenza", recomenda Thamyres.  

A médica também alerta que, em vacinados contra a Covid-19, os sintomas da infecção tendem a ser discretos em muitas pessoas. "Elas pensam 'Ah, estou só com uma gripe'. Mas essa gripe pode levar à morte de algumas pessoas. Então é preciso tomar cuidado. Se você tem sintomas gripais, faça as compras pela internet, sempre que possível, fique mais quietinho em casa, alimente-se bem e procure fazer uma boa lavagem nasal até poder voltar a conviver em segurança com outras pessoas", recomenda. 

Gostou do conteúdo? Então, compartilhe com amigos e familiares para que mais pessoas fiquem informadas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

menu

Pin It on Pinterest