Blog Bem Panvel

Dia de combate ao câncer infantil: a importância do diagnóstico precoce

Por 
 | 
23/11/2021
3 min. de leitura

As informações sobre os riscos do câncer na vida adulta já são bem conhecidas da população. Mas você conhece os perigos da doença também para as crianças e adolescentes? Ele representa a primeira causa de morte (8% do total) por doença entre crianças e adolescentes de 1 a 19 anos, de acordo com dados do Instituto Nacional do Câncer (Inca).

Por isso, o Dia de Combate ao Câncer Infantil, celebrado nesta terça-feira, alerta para a importância da conscientização e do diagnóstico precoce. Assim como nos adultos, a identificação da doença é o primeiro passo para o começo do tratamento - e quanto antes ele tiver início, maior serão as chances de bons resultados.

Ainda que o diagnóstico possa ser preocupante para os pais, as estatísticas são promissoras. O Inca explica que, diferentemente dos adultos, nas crianças e adolescentes o câncer tende a afetar as células do sistema sanguíneo e os tecidos de sustentação. Isso faz com que, via de regra, a resposta aos tratamentos do câncer infantil seja melhor do que na fase adulta: cerca de 80% das crianças e dos adolescentes que padecem da doença podem ser curados, se diagnosticados precocemente e tratados em centros especializados. Após o tratamento, a maior parte deles viverá com boa qualidade de vida.

Quais os sintomas mais comuns?

Já que a detecção precoce do câncer infantil é tão importante, mães, pais e tutores precisam estar atentos aos sinais que podem indicar a presença da doença nas crianças e nos adolescentes. A Associação Brasileira de Linfoma e Leucemia (Abrale), aponta os sintomas mais comuns:

  • Dor progressiva;
  • Febre sem causa aparente ou doença que não melhora;
  • Dor de cabeça frequente, acompanhada de vômito;
  • Alteração repentina de visão;
  • Nódulo ou inchaço incomum;
  • Palidez repentina e perda de energia;
  • Quedas e contusões frequentes;
  • Mancar ao caminhar;
  • Perda de peso repentina e sem explicação.

Os tumores mais frequentes na infância e na adolescência são:

  • Leucemias (que afetam os glóbulos brancos);
  • Os que atingem o sistema nervoso central e os linfomas (sistema linfático);
  • Neuroblastoma (tumor de células do sistema nervoso periférico, frequentemente de localização abdominal);
  • Tumor de Wilms (tipo de tumor renal);
  • Retinoblastoma (afeta a retina, fundo do olho);
  • Tumor germinativo (das células que originam os ovários e os testículos);
  • Osteossarcoma (tumor ósseo);
  • Sarcomas (tumores de partes moles).

Se perceber qualquer um dos sintomas mencionados, marque uma consulta com o pediatra ou médico. Além desta atenção constante, há muitas formas de apoiar quem foi diagnosticado com o câncer infantil. Uma delas está ao alcance de quem utiliza os produtos da Linha Panvel Baby, que deixa os bebês limpinhos, cheirosos e bem cuidados.

Desde 2017, a Panvel é parceira do Instituto do Câncer Infantil, que há 30 anos tem a missão de aumentar os índices de cura e melhorar a qualidade de vida dos pacientes e seus familiares. O Selo Coragem nas embalagens das fraldas Baby Clube da Panvel  identifica os produtos cuja venda tem parte do valor destinado ao ICI. Mais de R$ 119 mil já foram doados à instituição, auxiliando nos custos de manutenção e na continuidade dos atendimentos.

Quer conhecer outras formas de ajudar? Acesse o site do instituto e veja como fazer uma doação ou se tornar um voluntário!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

menu

Pin It on Pinterest