Blog Bem Panvel

Antibiótico ou anti-inflamatório? Você sabe qual é a diferença?

Por 
 | 
03/11/2021
3 min. de leitura

Pode ser bastante comum confundir antibiótico e anti-inflamatório. Você sabe a diferença entre esses dois tipos de medicamento?

Se a resposta é não, não se preocupe. No post de hoje, vamos falar sobre cada um deles e mostrar que antibiótico e anti-inflamatório não são a mesma coisa e têm funções bem diferentes. Confira!

O que é antibiótico?

O antibiótico é o medicamento utilizado para matar bactérias. Ele pode ser usado, portanto, para combater as doenças provocadas por esse tipo de microorganismos, como:

  • Tuberculose;
  • Amigdalite purulenta;
  • Infecção urinária;
  • Pneumonia;
  • Infecções dermatológicas;
  • Otites.

Os antibióticos são divididos por classes. Ou seja, um mesmo antibiótico não serve para tratar todas as enfermidades causadas por bactérias. É preciso usar a classe certa do medicamento para cada doença.

Entre as principais classes estão:

O médico pode pedir alguns exames ao paciente para identificar corretamente qual é a bactéria causadora da doença.

Em relação ao tempo de duração do tratamento, normalmente, o antibiótico deve ser tomado por um período de 3 a 7 dias, mas isso vai depender da enfermidade, do remédio e do quadro do paciente.

Em alguns casos, o tratamento pode ser estendido por mais tempo, como 14 dias ou um mês.

Também é importante dizer que antibióticos só podem ser comprados na farmácia mediante apresentação de receita médica.

Por isso, se você estiver com sintomas, o ideal é procurar um médico. Esse profissional saberá o que fazer e pode prescrever algum antibiótico, se for o caso.

O que é anti-inflamatório?

O anti-inflamatório, como o nome sugere, é um tipo de medicamento usado para reduzir inflamações, inchaços e edemas.

Ele pode ser utilizado no tratamento de:

  • Gripes fortes (com quadro de febre);
  • Dores musculares e artrose;
  • Dor de garganta;
  • Inflamação de dente;
  • Contusões;
  • Cólicas menstruais.

Os anti-inflamatórios também costumam ter efeito analgésico (que reduz a dor) e antitérmico (que ajuda no controle das febres).

Além disso, assim como os antibióticos, os anti-inflamatórios também são classificados em diferentes tipos. Alguns exemplos bastante comuns são:

A duração do tratamento com anti-inflamatórios varia muito de acordo com o problema tratado. Assim, pode ser que uma dor muscular específica passe em um dia com a utilização do medicamento, mas uma dor de garganta precise de mais tempo de medicação.

Então, apesar de os anti-inflamatórios nem sempre precisarem de receita para serem comprados na farmácia, é importante que você consulte um médico sempre que tiver qualquer sintoma.

Qual a diferença entre antibiótico e anti-inflamatório?

Como vimos, a grande diferença entre antibiótico e anti-inflamatório é o fato do primeiro ser prescrito no caso de doenças causadas por bactérias e o segundo ter a função de reduzir inflamações no corpo, de origens diversas.

Assim, o antibiótico atua no combate ao agente causador, enquanto o anti-inflamatório é receitado para combater sintomas, como inchaços e dores.

Vale dizer que é possível aliar antibiótico e anti-inflamatório para um tratamento mais eficiente de algumas doenças.

Mesmo que agora você tenha essas informações e conheça um pouco mais sobre as classes de antibióticos e sobre anti-inflamatórios, é fundamental sempre consultar um médico no caso de sintomas e evitar a automedicação.

Para mais posts como este, continue acompanhando o nosso blog.

Compartilhe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

menu