Blog Bem Panvel

A importância dos rins para o nosso bem-estar 

Por 
 | 
10/03/2023
2 min. de leitura

Neste Dia Mundial do Rim, nós, do Hospital Mãe de Deus, com a parceria do coordenador da Nefrologia do HMD, Dr. Roberto Berdichevski viemos reforçar a importância deste órgão indispensável para a nossa saúde.  

Os rins são responsáveis pela filtragem do nosso sangue e são eles que eliminam as toxinas geradas pelo nosso metabolismo, além de corrigir o pH e equilibrar a quantidade de água, sal e outros minerais. A medula óssea também é, em parte, regulada pelo órgão, que garante o seu bom funcionamento para evitar anemia.  

Embora exerçam todas essas funções, nossos rins trabalham de forma silenciosa e doenças muito comuns podem ir prejudicando lentamente sua função, sem que nenhum sinal ou sintoma ocorra até fases muito tardias. Nestas fases, quando os rins param de funcionar, duas medidas podem ser tomadas: a substituição por diálise ou, em casos possíveis, um transplante renal.  

As pessoas com doenças renais precisam tomar cuidado pois apresentam risco cardiovascular muito elevado, tendo a possibilidade de terem eventos cardíacos ou neurológicos antes mesmo de chegarem na diálise. 

Para prevenir e evitar essas consequências, a detecção precoce da doença renal é de extrema importância e esta data serve para que possamos alertar as pessoas sobre isso. Recomendamos que os pacientes falem e questionem seus médicos sobre os funcionamento dos seus rins, principalmente se fizerem parte desses grupos de risco: 

  1. Diabéticos 
  1. Hipertensos 
  1. Obesidade 
  1. Cardiopatas 
  1. Uso frequente de anti-inflamatórios/analgésicos 
  1. Idosos 
  1. Tabagistas 
  1. Histórico familiar de doenças renais 

Ao contrário de muitas patologias, a doença renal pode ser facilmente detectada através de exames como: dosagem da creatinina no sangue e detecção de albumina na urina. Caso haja alterações nestes exames, esse é o momento que seu médico poderá iniciar uma investigação e encaminhar para um nefrologista se julgar necessário.  

Nos últimos anos surgiram medicações que, aliadas ao tratamento convencional, ajudam a prevenir a piora de função renal, desde que iniciadas precocemente e com devido cuidado médico. 

Diante de todas essas informações, é sempre bom lembrar de manter bons hábitos alimentares, uma boa hidratação e de praticar exercícios, além de não fumar. Também é importante verificar sua pressão e fazer exames de rotina com seu médico, não esquecendo de pedir para verificar sua função renal! 

Compartilhe
Conheça mais sobre Equipe Panvel.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

menu